Buscar
  • Renato Mota

FESTIVAL DIAGONALES DE DANZA (ARGENTINA)


Nos dias 12 e 13 de novembro acontecem em La Plata, Argentina, a edição 2016 do Festival Diagonales Danza en Paisajes Urbanos. E o Coletivo Flores foi um dos grupos internacionais selecionados para compor a programação do festival.

O Coletivo FLORES se apresenta no Festival Diagonales no dia 13 de novembro com a parte II do Conto "O último bicho de pelúcia", o espetáculo “BICHO URBANO” ​Essa conversa coreográfica traz para a cena urbana o caos da experiência vivida por adultos na infância. Entre o abuso e a poesia de ser criança, cria-se um universo de lembranças e informações trazendo uma discussão estética conflituosa entre a realidade e as lembranças, é um passeio por valores morais a serem observados pelo corpo “arte-político” e panfletário em cena. O conto “O ÚLTIMO BICHO DE PELÚCIA” tem como norte de criação a pesquisa realizada com adultos que na infância passaram por assédio/abuso sexual.

FICHA TÉCNICA Direção e Concepção – Taís Vieira Coreografia – Coletivo Flores Intérpretes – Dani Morethe, Lorena Bittencourt, Luiz Philipe Spranger, Luize Pessanha, Rafael de Souza, Renato Mota e Thiago Morethe. Produção: Dilma Negreiros Duração: 19min Tema: Violência Infantil.

O Diagonales é um festival internacional de Dança Contemporânea em Paisagens Urbanas, criada em La Plata e é um projeto cultural com o objetivo de humanizar a cidade, revalorizar o patrimonio artístico e arquitetônico urbano. O Festival integra a Rede CQD (Cidades que Dançam).

CQD é uma rede internacional de festivais que programam programas de dança contemporânea em paisagens urbanas. O principal objetivo desta rede é a criação de um sistema dinâmico de cooperação, coordenação e intercâmbio entre os membros. A rede incentiva a cooperação entre os diferentes países, criando um consenso comum de difusão artística das diferentes línguas e culturas.

Conheça a programação completa em: https://festivaldiagonaleslp.wordpress.com


8 visualizações
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

Produção e Execução:

© 2020 Renato Mota